InícioRegistrar-seConectar-se
Conectar-se
Nome de usuário:
Senha:
Conexão automática: 
:: Esqueci minha senha
Últimos assuntos
» Facebook Glee Page
Mama Who Bore Me - GleeFanfic by Ritita Browneyes (Cap5 - Damn, I hate Memories!) New EmptyQua Mar 19, 2014 5:19 pm por gleepage

» Hey Guys!!
Mama Who Bore Me - GleeFanfic by Ritita Browneyes (Cap5 - Damn, I hate Memories!) New EmptySab Out 19, 2013 1:35 pm por BlaineAnderson

» Twitter/Rpg
Mama Who Bore Me - GleeFanfic by Ritita Browneyes (Cap5 - Damn, I hate Memories!) New EmptySeg Jun 17, 2013 5:23 pm por BlaineAnderson

» hey there! :)
Mama Who Bore Me - GleeFanfic by Ritita Browneyes (Cap5 - Damn, I hate Memories!) New EmptyQua Mar 20, 2013 11:14 pm por heatty7

» 3x19 - Prom-asaurus
Mama Who Bore Me - GleeFanfic by Ritita Browneyes (Cap5 - Damn, I hate Memories!) New EmptyTer Mar 12, 2013 4:28 pm por gleeaisslms

» i'm new ihihih
Mama Who Bore Me - GleeFanfic by Ritita Browneyes (Cap5 - Damn, I hate Memories!) New EmptySab Fev 09, 2013 7:41 pm por sararibeiro

» Grupo de Dança/Teatro Lisboa - Junta-te!
Mama Who Bore Me - GleeFanfic by Ritita Browneyes (Cap5 - Damn, I hate Memories!) New EmptySab Jan 26, 2013 3:30 pm por hugo_16

» It's show time!
Mama Who Bore Me - GleeFanfic by Ritita Browneyes (Cap5 - Damn, I hate Memories!) New EmptySex Dez 28, 2012 2:49 pm por MysticalOdille

» Season 4 [Discussão]
Mama Who Bore Me - GleeFanfic by Ritita Browneyes (Cap5 - Damn, I hate Memories!) New EmptyQua Dez 19, 2012 9:16 pm por RodrigooF

Parcerias
{twilighters portugal}
{séries da tv}
{fanfic portugal}
{portugal creative}
{true blood portugal}
{circus fórum}
{tvd portugal}
{clipremierevents}
{kristen stewart portugal}
{rpg v-portugal}
{glee portugal (blog)}
{paramore community}
{logan lerman portugal}
{vanessa hudgens st portugal}
{bruno mars portugal}
{supernatural portugal}
{tvp pt}

 

 Mama Who Bore Me - GleeFanfic by Ritita Browneyes (Cap5 - Damn, I hate Memories!) New

Ir em baixo 
Ir à página : 1, 2  Seguinte
AutorMensagem
Ritita Browneyes
loser!
loser!
Ritita Browneyes

Feminino Mensagens : 328
Data de inscrição : 21/07/2010
Idade : 24
Localização : Lisboa

Gleeks area
Personagem: Santana
Cover: The boy is mine
Team: Puck (para ela) Jesse (para miim!)

Mama Who Bore Me - GleeFanfic by Ritita Browneyes (Cap5 - Damn, I hate Memories!) New Empty
MensagemAssunto: Mama Who Bore Me - GleeFanfic by Ritita Browneyes (Cap5 - Damn, I hate Memories!) New   Mama Who Bore Me - GleeFanfic by Ritita Browneyes (Cap5 - Damn, I hate Memories!) New EmptyQui Ago 12, 2010 10:37 pm

Bem, eu estava a ler a nova fic da Coop. e fiquei super inspirada para escrever a minha própria, por isso decidi postar aqui e se vocês acharem que vale a pena eu continuo, ok?

Personagem Principal:
Spoiler:
 
Rachel Berry

Personagens secundárias:
Spoiler:
 
Jesse St. James


Spoiler:
 
Finn Hudson

Spoiler:
 
Rita Garder

Sinopse:

7 anos depois de ter deixado Mckinly High, Rachel Berry volta de Nova Iorque para Ohio, onde vai ficar durante três meses para dar aulas no “Show Choir Camp”.
A estrela da Broadway que intrepertou o papel de Wendla no musical “Spring Awakening” está de volta às suas origens para ensinar aos Glee Clubs do Noroeste do país tudo o que precisão para se tornarem estrelas maravilhosas - tal como ela.
Mas a estadia na sua terra natal dá uma volta de 180 graus quando descobre que o seu co-professor é a pessoa que mais detesta no mundo, e também a sua paixão de adolescente.

Prólogo

Rachel Berry

- Fin, - chamei - meu amor, se não te despachas ainda perdemos o avião, já estamos atrasadíssimos!
- Acalme-te, Rach! Vamos chegar a tempo. - Depois começou a sussurrar. - E não fui eu que demorei uma hora e meia a mais que o previsto a despedir-me da minha co-estrela…
- Eu ouvi isso, Fin Hudson! E ele vai para Hollywood, para longíssimo daqui e é um dos meus melhores amigos!
Assim que ele carregou a última mala para o táxi, eu voei porta fora e liguei a câmara de filmar.
- Porque é que trouxeste isso? - Perguntou-me sentando-se ao meu lado no táxi cheio de malas.
- Tenho de a testar! - Respondi. - A melhor maneira de aprender é ver-nos e ouvir-nos. Os meus alunos vão gostar da experiência, mas primeiro tenho de aprender a trabalhar com esta coisa.
- Não é difícil… - Disse sorrindo e tirando-me a máquina das mãos. - Estás a ver este botão aqui? - Continuou, pressionando o botão que dizia Power. - É aqui que ligas a máquina. - Sorriu. - Aqui - apontou para o ecrã táctil da camara -, tens as opções todas bem explicitas. Gravar, parar, voltar a trás, luminosidade, tudo.
Virei-me para ele e sorri.
- Obrigada, amor.
Ele sorriu e beijou-me como só ele sabia.
***
- Rach, querida, não vais querer estar atrasada no teu primeiro dia como professora!
- Claro que não, meu amor, já estou pronta! - Respondi. Entrei na sala com o meu top preto favorito e com umas skinny jeans e ele ficou a olhar para mim estupefacto.
- Estás um bocadinho sexy para professora, não achas?
Ignorei o comentário ciumento do meu noivo e saí porta fora com ele atrás. Quando chegámos ao campo, os alunos que conversavam alegremente pararam para olhar para nós.
- Rachel! Fin! - Ouvi gritar atrás de nós.
- Mercedes! Mr. Shue! - Respondi quando me virei.
Abracei a Mercedes e depois o Mr. Shue a sorrir que nem uma tola.
- Por favor, somos colegas, chama-me Will.
Olhei nervosa para o relógio e vi que já eram 9 horas.
- Omg! Está na hora da aula de teatralidade! Tenho de ir! - Virei-me para o Fin. - O meu beijo de boa sorte! - Ele beijou-me docemente e eu segui para a aula.
- Bom dia! - Disse sorridente para os alunos que já estavam dentro da sala de aula. - O meu nome é Rachel Berry e estou aqui para fazer de vocês estrelas!
- Bom dia, pessoal! - Ouvi vindo da porta. “Não. Pode. Ser.” Pensei. “Não. Ele está em LA!” - O meu nome é J… - Quando me viu calou-se. Virei-me para a porta e vi-o especado a olhar para mim.
“Isto não pode estar a acontecer!”
_______________

Digam o que acham sinceramente e se vale a pena ou não continuar a escrever Smile


Última edição por Ritita Browneyes em Dom Set 19, 2010 11:32 am, editado 5 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
bábs
GLEEK
GLEEK
bábs

Feminino Mensagens : 2594
Data de inscrição : 17/07/2010
Idade : 27
Localização : almada

Gleeks area
Personagem: Mike's Abs
Cover: Bad Romance
Team: Mikara \m/

Mama Who Bore Me - GleeFanfic by Ritita Browneyes (Cap5 - Damn, I hate Memories!) New Empty
MensagemAssunto: Re: Mama Who Bore Me - GleeFanfic by Ritita Browneyes (Cap5 - Damn, I hate Memories!) New   Mama Who Bore Me - GleeFanfic by Ritita Browneyes (Cap5 - Damn, I hate Memories!) New EmptyQui Ago 12, 2010 10:48 pm

wow, parece-me trés interessante, swear (a)
ai que o jesse e a rachel ainda vai dar coisa, mesmo com a rachel noiva do finn *choque*
ahahah, estou curiosa, e fico á espera do próximo capítulo :3

Spoiler:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ritita Browneyes
loser!
loser!
Ritita Browneyes

Feminino Mensagens : 328
Data de inscrição : 21/07/2010
Idade : 24
Localização : Lisboa

Gleeks area
Personagem: Santana
Cover: The boy is mine
Team: Puck (para ela) Jesse (para miim!)

Mama Who Bore Me - GleeFanfic by Ritita Browneyes (Cap5 - Damn, I hate Memories!) New Empty
MensagemAssunto: Re: Mama Who Bore Me - GleeFanfic by Ritita Browneyes (Cap5 - Damn, I hate Memories!) New   Mama Who Bore Me - GleeFanfic by Ritita Browneyes (Cap5 - Damn, I hate Memories!) New EmptyQui Ago 12, 2010 10:53 pm

Obrigada Babs, ainda bem que gostas Smile fico mesmo muito contente Very Happy

Spoiler:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
AxeGirl
Cheerleader
Cheerleader
AxeGirl

Feminino Mensagens : 411
Data de inscrição : 17/07/2010
Idade : 27
Localização : Porto

Gleeks area
Personagem: Jesse St. James
Cover: Highway to Hell
Team: Jesse!

Mama Who Bore Me - GleeFanfic by Ritita Browneyes (Cap5 - Damn, I hate Memories!) New Empty
MensagemAssunto: Re: Mama Who Bore Me - GleeFanfic by Ritita Browneyes (Cap5 - Damn, I hate Memories!) New   Mama Who Bore Me - GleeFanfic by Ritita Browneyes (Cap5 - Damn, I hate Memories!) New EmptyQui Ago 12, 2010 10:55 pm

Continua, claro!
Cheira-me a St. Berry
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ritita Browneyes
loser!
loser!
Ritita Browneyes

Feminino Mensagens : 328
Data de inscrição : 21/07/2010
Idade : 24
Localização : Lisboa

Gleeks area
Personagem: Santana
Cover: The boy is mine
Team: Puck (para ela) Jesse (para miim!)

Mama Who Bore Me - GleeFanfic by Ritita Browneyes (Cap5 - Damn, I hate Memories!) New Empty
MensagemAssunto: Re: Mama Who Bore Me - GleeFanfic by Ritita Browneyes (Cap5 - Damn, I hate Memories!) New   Mama Who Bore Me - GleeFanfic by Ritita Browneyes (Cap5 - Damn, I hate Memories!) New EmptyQui Ago 12, 2010 11:02 pm

Obrigada:)
Voltar ao Topo Ir em baixo
bábs
GLEEK
GLEEK
bábs

Feminino Mensagens : 2594
Data de inscrição : 17/07/2010
Idade : 27
Localização : almada

Gleeks area
Personagem: Mike's Abs
Cover: Bad Romance
Team: Mikara \m/

Mama Who Bore Me - GleeFanfic by Ritita Browneyes (Cap5 - Damn, I hate Memories!) New Empty
MensagemAssunto: Re: Mama Who Bore Me - GleeFanfic by Ritita Browneyes (Cap5 - Damn, I hate Memories!) New   Mama Who Bore Me - GleeFanfic by Ritita Browneyes (Cap5 - Damn, I hate Memories!) New EmptyQui Ago 12, 2010 11:15 pm

ahaha, bem me parecia *.* adoro a adriana ftw. e posta rápido o primeiro capítulo :3
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ritita Browneyes
loser!
loser!
Ritita Browneyes

Feminino Mensagens : 328
Data de inscrição : 21/07/2010
Idade : 24
Localização : Lisboa

Gleeks area
Personagem: Santana
Cover: The boy is mine
Team: Puck (para ela) Jesse (para miim!)

Mama Who Bore Me - GleeFanfic by Ritita Browneyes (Cap5 - Damn, I hate Memories!) New Empty
MensagemAssunto: Re: Mama Who Bore Me - GleeFanfic by Ritita Browneyes (Cap5 - Damn, I hate Memories!) New   Mama Who Bore Me - GleeFanfic by Ritita Browneyes (Cap5 - Damn, I hate Memories!) New EmptySex Ago 13, 2010 11:33 am

Bem já que estão a gostar vou postar já esta noite Smile

EDIT: Afinal só vou poder postar amanha Evil or Very Mad Evil or Very Mad Evil or Very Mad Evil or Very Mad Evil or Very Mad Evil or Very Mad Evil or Very Mad Evil or Very Mad Mad Mad Mad Mad Mad Mad Mad Mad


Última edição por Ritita Browneyes em Sex Ago 13, 2010 10:59 pm, editado 1 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Convidad
Convidado



Mama Who Bore Me - GleeFanfic by Ritita Browneyes (Cap5 - Damn, I hate Memories!) New Empty
MensagemAssunto: Re: Mama Who Bore Me - GleeFanfic by Ritita Browneyes (Cap5 - Damn, I hate Memories!) New   Mama Who Bore Me - GleeFanfic by Ritita Browneyes (Cap5 - Damn, I hate Memories!) New EmptySex Ago 13, 2010 5:12 pm

estou a gostar, continua *-*
Voltar ao Topo Ir em baixo
bábs
GLEEK
GLEEK
bábs

Feminino Mensagens : 2594
Data de inscrição : 17/07/2010
Idade : 27
Localização : almada

Gleeks area
Personagem: Mike's Abs
Cover: Bad Romance
Team: Mikara \m/

Mama Who Bore Me - GleeFanfic by Ritita Browneyes (Cap5 - Damn, I hate Memories!) New Empty
MensagemAssunto: Re: Mama Who Bore Me - GleeFanfic by Ritita Browneyes (Cap5 - Damn, I hate Memories!) New   Mama Who Bore Me - GleeFanfic by Ritita Browneyes (Cap5 - Damn, I hate Memories!) New EmptySex Ago 13, 2010 11:35 pm

então que venha ele :3
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ritita Browneyes
loser!
loser!
Ritita Browneyes

Feminino Mensagens : 328
Data de inscrição : 21/07/2010
Idade : 24
Localização : Lisboa

Gleeks area
Personagem: Santana
Cover: The boy is mine
Team: Puck (para ela) Jesse (para miim!)

Mama Who Bore Me - GleeFanfic by Ritita Browneyes (Cap5 - Damn, I hate Memories!) New Empty
MensagemAssunto: Re: Mama Who Bore Me - GleeFanfic by Ritita Browneyes (Cap5 - Damn, I hate Memories!) New   Mama Who Bore Me - GleeFanfic by Ritita Browneyes (Cap5 - Damn, I hate Memories!) New EmptySab Ago 14, 2010 8:30 pm

Capítulo 1 - “Mama Who Bore Me”, Please Kill Me

Jesse St. James

Ela estava tão diferente. Mais adulta. Ainda mais confiante - se é que isso era possível. Estava estranhamente sedutora, com o top preto com um gato estampado. “Uma coisa não mudou.” Pensei de imediato ao ver a sua contínua afeição por t-shirts com animais. Mas este top era diferente. Tinha um estilo mais “Rock” e era justa, assim como as calças que lhe abraçavam as pernas de tal maneira que era doloroso de ver.
Só depois me apercebi que estava especado numa sala com cerca de 50 alunos, quase a babar-me por cima dela.
- O meu nome é Jesse St. James - recomecei e engoli em seco - e o tema desta aula é a teatralidade.
Ela parou de olhar para mim e corou apenas ligeiramente.
- Foi uma péssima ideia que esta aula fosse escolhida para ser a primeira porque ainda não estão em real contacto com o vosso talento, por isso eu vou tentar não fazer disto uma seca enquanto vos dou um sermão sobre o que precisam de saber. - Ela sorriu para os alunos e notava-se à légua que estava super excitada por ser ela a ensinar. - Perguntas?
Uma rapariga baixa e morena de cabelo liso sentada na mesa da frente levantou timidamente o braço e juro que a Rachel deu um pulinho de alegria.
- Diz… hum…
- Rita. Rita Garder.
- Diz Rita.
- Miss Berry, é a protagonista do Spring Awakening, certo?
- Sim, e podes chamar-me Rachel, temos quase a mesma idade!
- Uau, é fabuloso! Podia… hammm…. cantar a Mama Who Bore Me?
- Ficaria radiante por fazê-lo, - disse com um enorme sorriso, endireitando as costas e levantando o queixo. - Mas primeiro penso que o vosso outro professor deveria começar a aula, e mais para o fim eu prometo que vos mostro o quão têm de se esforçar!
A Rachel virou-se para mim e a sua expressão tornou-se fria e rude.
- Bem… - comecei atrapalhado. Estes alunos tinham entre 16 e 18 e eu tinha 25, mas ali no meio sentia-me como uma criancinha. - Vamos começar por saber o que entendem por teatralidade.
- Exorbitância. - Disse de imediato a morena na mesa da frente.
- Exagero. - Respondeu uma rapariga no fundo da sala.
- Gaga! - Exclamou um rapaz que estava sentado no meio da sala, gesticulando para o colega do lado como se apalpasse as mamas a alguém.
“Muita classe, sim senhor…”
- Também mas não só. - Respondeu a Rachel por mim. -Vou explicar-vos o mesmo que a minha mãe costumava dizer.
Inspirou fundo e praticamente transformou-se na Shelby. Lembrava-me de ter recebido aquele mesmo discurso dela há uns anos.
- A teatralidade, como podem imaginar, não tem nada que ver com fatos loucos ou efeitos especiais em palco. Pode ser um furacão sem que elevem a voz…
- … e pode ser apenas uma tempestade calma que provoca arrepios na espinha. - concluí. Ela olhou para mim, ao mesmo tempo furiosa e espantada.
- Ser teatral é sentir o que cantam e fazer com que o público o sinta.
- Talvez devesses demonstrar, Rachel.
Ela hesitou um pouco e olhou para a rapariga morena, a Rita, que olhava para ela como se estivesse a ver a Madona.
- Ok, está bem, está bem.
Ela respirou fundo e virou-se para o pianista.
- Anthony, tens as pautas?
- Tenho sim.
Voltou a virar-se para os alunos enquanto o pianista começava a tocar, ajeitou o cabelo e cruzou as mãos no peito de uma forma peculiar, com as mãos dos lados do pescoço. A maioria dos alunos olhavam para ela extasiados enquanto ela se transformava em Wendla perante os nossos olhos bem abertos. A Rachel era uma fantástica cantora, mas também uma maravilhosa actriz e parecia que as personagens tomavam conta dela enquanto ela tomava conta das personagens. Era tão confuso, mas naquele momento eu não era capaz de me dirigir a ela como Rachel, apenas como a personagem que encarnava. Afastei-me dela e encostei-me à parede lateral da sala, ao nível da primeira fila de alunos. Ela começou a cantar e toda a gente na sala parou de respirar com a força da voz dela. Até mesmo eu, que estava habituado e tinha visto o musical ao vivo. “Pronto, tinha-a investigado. Processem-me!”
- “Mama who bore me
Mama who gave me
No way to handle things…”
As mãos dela começaram a passear pelas bochechas, pelo cabelo, pelo peito. Estava maravilhosa. De bochechas e lábios vermelhos e olhos a brilhar. Engoli em seco e fiquei ali especado enquanto sentia a minha respiração a acelerar e começava a ficar desconfortavelmente excitado. “Um homem não é de ferro, ok? Não é como se tivesse escolha!”
- “…No way to handle things
Who made me so bad…”
A meio da música as alças do top preto caíram pelos braços dela e o top só se manteve no sítio de tão justo que era.
“Porra Porra Porra!”
- “…Mama, the weeping
Mama, the angels
No sleep in heaven…
…Or Bethlehem”
- Uhuh!!!!!!! - Todos os alunos começaram a aplaudir freneticamente enquanto eu tentava voltar a pensar coerentemente. “Porra Jesse! Que estupidez!”
Ela olhou para mim com um olhar de desdém e convencida porque sabia que me tinha deixado desconcertado.
“Porra!”
- Tens alguma coisa a dizer, Jesse?
- Não. - Disse enquanto procurava não olhar para ela. Acabei por ficar a olhar para a Rita, sentada na linha da frente toda entusiasmada a tirar notas. - Foi fantástico, mas penso que os rapazes também deviam ter um exemplo, afinal de contas.
- Claro que sim! - Respondeu como se não tivesse percebido a minha intenção de me vingar dela. - No que é que estás a pensar?
Aproximei-me do pianista e entreguei-lhe a pauta da “Hello”. “Eu sei que é um golpe baixo…” Ela ficou surpresa e virou-se irritada:
- Isso nem sequer se aplica ao tema!
- Qualquer música se aplica, Rachel… Agora ajudas-me com este dueto?
Eu sabia que ela estava fula. Porquê? Cantou a música toda sem olhar uma única vez para mim - e, saiba-se lá como, os alunos acreditaram mesmo que ela sentia aquilo que estava a cantar. “Bolas! Ela é mesmo boa!”
***
- Só para ficar-mos esclarecidos! - Disse irritada quando a última aluna saiu da sala. - Eu odeio-te. Isso nunca mudou e nunca há de mudar, percebido? Vou fazer de conta que te aturo enquanto estamos a dar aulas mas fora desta sala de aula não temos absolutamente nada a ver um com o outro!
- Mas Rach… Pensei que me pudesses perdoar…
- Então estavas redondamente errado. Fora desta sala de aula és a pessoa que mais desprezo no mundo. Percebido?
Não lhe respondi. Ela ia a sair da sala furiosamente mas voltou a trás:
- E a “Hello”? A sério? Estás assim tão desesperado?
E saiu.
Voltar ao Topo Ir em baixo
AxeGirl
Cheerleader
Cheerleader
AxeGirl

Feminino Mensagens : 411
Data de inscrição : 17/07/2010
Idade : 27
Localização : Porto

Gleeks area
Personagem: Jesse St. James
Cover: Highway to Hell
Team: Jesse!

Mama Who Bore Me - GleeFanfic by Ritita Browneyes (Cap5 - Damn, I hate Memories!) New Empty
MensagemAssunto: Re: Mama Who Bore Me - GleeFanfic by Ritita Browneyes (Cap5 - Damn, I hate Memories!) New   Mama Who Bore Me - GleeFanfic by Ritita Browneyes (Cap5 - Damn, I hate Memories!) New EmptySab Ago 14, 2010 9:54 pm

*.* eu a ler a Mama Who Bore Me fiquei arrepiada xD tenho saudades de a ouvir Razz

Coitadinho do meu Jesse T.T

Quero moarrrr xD
Voltar ao Topo Ir em baixo
bábs
GLEEK
GLEEK
bábs

Feminino Mensagens : 2594
Data de inscrição : 17/07/2010
Idade : 27
Localização : almada

Gleeks area
Personagem: Mike's Abs
Cover: Bad Romance
Team: Mikara \m/

Mama Who Bore Me - GleeFanfic by Ritita Browneyes (Cap5 - Damn, I hate Memories!) New Empty
MensagemAssunto: Re: Mama Who Bore Me - GleeFanfic by Ritita Browneyes (Cap5 - Damn, I hate Memories!) New   Mama Who Bore Me - GleeFanfic by Ritita Browneyes (Cap5 - Damn, I hate Memories!) New EmptySab Ago 14, 2010 11:30 pm

wow. tá a ficar awesome. até fui ouvir a mama who bore me de propósito xD a sério tou a adorar. e este jesse nem é tão estúpido quanto o outro. este até é suportável. ahaha. beijinhos e continua *
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ritita Browneyes
loser!
loser!
Ritita Browneyes

Feminino Mensagens : 328
Data de inscrição : 21/07/2010
Idade : 24
Localização : Lisboa

Gleeks area
Personagem: Santana
Cover: The boy is mine
Team: Puck (para ela) Jesse (para miim!)

Mama Who Bore Me - GleeFanfic by Ritita Browneyes (Cap5 - Damn, I hate Memories!) New Empty
MensagemAssunto: Re: Mama Who Bore Me - GleeFanfic by Ritita Browneyes (Cap5 - Damn, I hate Memories!) New   Mama Who Bore Me - GleeFanfic by Ritita Browneyes (Cap5 - Damn, I hate Memories!) New EmptyDom Ago 15, 2010 3:13 pm

Ainda bem que gostam, fico muito contente Wink

bábs escreveu:
e este jesse nem é tão estúpido quanto o outro. este até é suportável. ahaha. beijinhos e continua *

Oh... eu devo ser mesmo cegueta eu nunca o achei assim estúpido xD... mas é um grande elogio que gostes mais deste Jesse Very Happy
Voltar ao Topo Ir em baixo
marianaclarinete
McKinley High
McKinley High
marianaclarinete

Feminino Mensagens : 56
Data de inscrição : 06/08/2010
Idade : 24
Localização : Lisboa

Gleeks area
Personagem: Sue Sylvester xP
Cover:
Team: PUCK :'D

Mama Who Bore Me - GleeFanfic by Ritita Browneyes (Cap5 - Damn, I hate Memories!) New Empty
MensagemAssunto: Re: Mama Who Bore Me - GleeFanfic by Ritita Browneyes (Cap5 - Damn, I hate Memories!) New   Mama Who Bore Me - GleeFanfic by Ritita Browneyes (Cap5 - Damn, I hate Memories!) New EmptySex Ago 20, 2010 2:08 pm

Uau ! Adorei :'D
Mesmo muito fixe, sim também concordo, este Jesse é melhor que o outro. :')
Continua a escrever, ta mesmo muito fixe. ;'D
Voltar ao Topo Ir em baixo
bábs
GLEEK
GLEEK
bábs

Feminino Mensagens : 2594
Data de inscrição : 17/07/2010
Idade : 27
Localização : almada

Gleeks area
Personagem: Mike's Abs
Cover: Bad Romance
Team: Mikara \m/

Mama Who Bore Me - GleeFanfic by Ritita Browneyes (Cap5 - Damn, I hate Memories!) New Empty
MensagemAssunto: Re: Mama Who Bore Me - GleeFanfic by Ritita Browneyes (Cap5 - Damn, I hate Memories!) New   Mama Who Bore Me - GleeFanfic by Ritita Browneyes (Cap5 - Damn, I hate Memories!) New EmptySex Ago 20, 2010 2:19 pm

quando há mais? :3
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ritita Browneyes
loser!
loser!
Ritita Browneyes

Feminino Mensagens : 328
Data de inscrição : 21/07/2010
Idade : 24
Localização : Lisboa

Gleeks area
Personagem: Santana
Cover: The boy is mine
Team: Puck (para ela) Jesse (para miim!)

Mama Who Bore Me - GleeFanfic by Ritita Browneyes (Cap5 - Damn, I hate Memories!) New Empty
MensagemAssunto: Re: Mama Who Bore Me - GleeFanfic by Ritita Browneyes (Cap5 - Damn, I hate Memories!) New   Mama Who Bore Me - GleeFanfic by Ritita Browneyes (Cap5 - Damn, I hate Memories!) New EmptySex Ago 20, 2010 2:29 pm

Hoje a noite... nem que fique acordada até às tantas mas aviso desde já que é um bocado palha :'(

Obrigada Mariana Smile
Voltar ao Topo Ir em baixo
bábs
GLEEK
GLEEK
bábs

Feminino Mensagens : 2594
Data de inscrição : 17/07/2010
Idade : 27
Localização : almada

Gleeks area
Personagem: Mike's Abs
Cover: Bad Romance
Team: Mikara \m/

Mama Who Bore Me - GleeFanfic by Ritita Browneyes (Cap5 - Damn, I hate Memories!) New Empty
MensagemAssunto: Re: Mama Who Bore Me - GleeFanfic by Ritita Browneyes (Cap5 - Damn, I hate Memories!) New   Mama Who Bore Me - GleeFanfic by Ritita Browneyes (Cap5 - Damn, I hate Memories!) New EmptySex Ago 20, 2010 2:41 pm

Ritita Browneyes escreveu:
Hoje a noite... nem que fique acordada até às tantas mas aviso desde já que é um bocado palha :'(

Obrigada Mariana :)
só acredito depois de ler xd aposto que tá fixeee :3
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ritita Browneyes
loser!
loser!
Ritita Browneyes

Feminino Mensagens : 328
Data de inscrição : 21/07/2010
Idade : 24
Localização : Lisboa

Gleeks area
Personagem: Santana
Cover: The boy is mine
Team: Puck (para ela) Jesse (para miim!)

Mama Who Bore Me - GleeFanfic by Ritita Browneyes (Cap5 - Damn, I hate Memories!) New Empty
MensagemAssunto: Re: Mama Who Bore Me - GleeFanfic by Ritita Browneyes (Cap5 - Damn, I hate Memories!) New   Mama Who Bore Me - GleeFanfic by Ritita Browneyes (Cap5 - Damn, I hate Memories!) New EmptySab Ago 21, 2010 1:06 am

Desculpem já ser tão tarde, bem, refilem com o meu pai que decide vir passar o fim de semana à terra sempre que eu penso em postar um capítulo -.-'

Eu acho que este capítulo é palha no que toca a avanços da historia mas eu até gosto (por causa da música) xD

Espero que gostem Smile
Música:


_____________


Capítulo 2 - We’re really “Living on a prayer”…

Rachel Berry

- Mr. Shue! Não acredito que me fez isto! - Gritei exaltada enquanto entrava pelo gabinete dele a dentro.
- Que se passa, Rachel?
- Porque é que convidou o Jesse St. James para dar aulas aqui? Ainda por cima comigo!
- Rachel, ele é professor aqui há dois anos, foi ele mesmo que se ofereceu…
- Oh, assim é bem mais compreensível!
- Rachel, por favor acalma-te. Não falas com ele à 9 anos! As pessoas mudam.
- Oh, não! Pessoas como o Jesse St. James nunca mudam! Ele é… ai eu nem sei dizer o que ele é, Mr. Shue!
- Will… E Rachel, tens de perceber que o Jesse é um óptimo professor e os alunos precisam dele…
- Bem… o Mr. Shue nunca foi capaz de ensinar sem arruinar a minha vida, pois não?
Saí furiosamente do gabinete e choquei contra alguém, que acabou por cair de rabo no chão.
- Ó meu Deus! - Exclamei quando me apercebi que tinha acabado de deitar a Quinn ao chão. - Desculpa, Quinn, estás bem?
- Estou. - Ela sorriu. - Que se passa? Estavas a gritar de uma maneira assustadora…
- Não vais acreditar quem é que está a dar aulas comigo…
- O Jesse St. James.
Olhei para ela irritada. “Mas que raio?” Toda a gente ali sabia disto e não me tinha contado absolutamente nada?
- Soube à 2 minutos - respondeu como se tivesse ouvido os meus pensamentos. - Pelos vistos os vossos alunos acharam que vocês os dois têm uma química espectacular, e pelo que percebi já há apostas para quando vais deixar o Finn…
- O quê? - Exaltei-me. - Mas que parvoíce é essa? Eu e o Finn estamos noivos!
- E foi o que eu disse ao Finn, mas ele parece capaz de dar cabo da cara do Jesse, e o Noah também não está a ajudar.
- O Noah? Pensei que fosse a única a chamar-lhe isso…
Ela olhou para mim e sorriu.
- Bem, estamos prestes a casar, é óbvio que o trato por Noah! Mas agora vamos que o teu noivo está em ponto de ebulição.
***
Quando cheguei à cafetaria o Noah e o Finn estavam ainda a discutir com o Jesse enquanto alguns alunos os separavam um do outro.
- Por amor de Deus! Vocês voltaram a ter o quê? 16 anos? - Gritou a Quinn enquanto se lançava na direcção do Puck para analisar a ferida que ele tinha no canto da boca e eu me chegava ao pé do meu noivo, preocupada com o corte que sangrava mesmo no meio do nariz.
Só aí é que me apercebi que atrás deles estava uma aluna sentada no chão agarrada à cabeça. Corri para ela e ajoelhei-me, apercebendo-me de que era uma das minhas alunas. A Rita.
- O que é que vocês lhe fizeram, por amor de Deus?
- Nada… - murmurou a rapariga. - Eu é que me meti no meio…
Uma rapariga ruiva que estava ao lado dela explicou tudo melhor. Pelos vistos, os alunos não deixaram que a confusão durasse muito mais que meros segundos, e uma das pessoas que os tentou separar. Pelos vistos não tinha acabado lá muito bem e ela acabou por precisar de ir ao hospital e levar pontos na cabeça.
***
- Eu ainda não acredito que vocês se deixaram levar, Finn. - Disse enquanto lhe segurava o gelo no nariz. Estava sentada no sofá da sala de estar dos professores com a cabeça dele no meu colo enquanto a cena se repetia no sofá ao lado com a Quinn e o Puck.
- Vocês viram no estado em que deixaram a rapariga?
- Oh! Ela sabia no que se estava a meter, só queria a atenção do Jesse, não tirou os olhos de cima dele durante o almoço todo. - Respondeu o Noah com desdém.
- Independentemente disso, não se faz…- Repreendi. - E agora está quase na hora do jantar, por isso nós vamo-nos vestir ao quarto e vamos lá ter, está bem Quinn?
- Claro, querida.
Ajudei o Finn a levantar-se e tirei o gelo do nariz dele. Estava negro, mas não partido, segundo os médicos.
Quando chegámos à cafetaria já todos os alunos estavam sentados a comer. O Finn sentou-se e eu aproximei-me da mesa da Rita para lhe perguntar como estava.
- Estou bem. - Respondeu com um sorriso ensonado. - Estou só cansada, não é nada. Como estou meio drogada estou cansada, só isso.
Sorri-lhe e cumprimentei os outros alunos à mesa antes de me dirigir à mesa onde estavam a Quinn, o Noah, o Fin, a Mercedes e o Kurt.
- Bem, visto que ninguém se digna a comentar, eu arrisco. Rachel, estou absolutamente embasbacado com o teu novo estilo, estou sinceramente contente por teres deixado de usar kitten heels com meias de lã. O teu estilo mudou para muito melhor…
- Muito obrigada, Kurt.
- Por acaso eu penso que deveríamos comemorar. Eu proponho um brinde e uma música de comemoração! Pelos tempos antigos…
- Um brinde! Que boa ideia! - Exclamou a Mercedes. - Eu começo. À Rachel, que conseguiu tornar-se uma estrela apesar de ser tão mimada! - Todos se riram. - Ao Finn, a nossa estrela de Rock. Ao Puck e à Quinnie que estão a iditar o primeiro CD, e ao Kurt que acabou de lançar a sua primeira linha de acessórios.
- E à Mercedes que tem concerto agendado na Hollywood Bowl. - Continuou o Kurt.
- À nossa! - Finalizou a Quinn.
- À nossa! - Repetimos em conjunto.
***
- Então e a música? Precisamos de uma boa música para a abertura das “Jam Sessions” do Glee Club Camp.
- Tenho a música perfeita. Um Rock Clássico. Acompanham-me? - O Finn levantou-se ainda antes de ter acabado de jantar.
- Se disseres qual é a música, claro que sim, meu! - O Finn chegou-se ao pé do Noah e sussurrou-lhe algo ao ouvido que não consegui ouvir, mas que penso ter sido o nome da música. - Granda som, meu! - Sim, era a música.
- Finn, nós temos de saber qual é a música! E se não soubermos as letras?
- Descansa. - Respondeu-me o Noah. - Não há ninguém que não saiba a letra desta música.
Eles dirigiram-se ao Mr. Shue… desculpem, Will… e contaram-lhe os planos. Ele anuiu com a cabeça, satisfeito, e entregou pautas à banda. O Noah pegou na guitarra eléctrica e o Finn na bateria e chamaram-nos.
Começaram a tocar e até mesmo o Kurt reconheceu a música. Ia ser difícil improvisar as partes de cada um mas nós íamos tentar.
O Puck e o Finn começaram e passaram-me a batata quente no pré-refrão.
- “She says we’ve got to hold on
To what we got
It doesn’t make a difference if we make it or not
We’ve got each other, and thats a lot for love”
A Mercedes piscou-me o olho para dar sinal que me ia acompanhar antes que os outros o fizessem e continuámos.
- WE’LL GIVE IT A SHOT!
- “Woo-oo- Half Way There
Woo-oo- LIVIN’ ON A PRAYER”
Os rapazes deixaram os instrumentos ao cuidado dos membros da banda e juntaram-se a nós à frente do palco para que eu e a Quinn tivéssemos par.
- “Take my hand
And we’ll make it I swear
Woo-oo - LIVIN’ ON A PRAYER!”
Estava abraçada ao Finn quando vi o Jesse entrar pela sala com o grupo dos Vocal Adrenaline que agora formavam a sua banda e ficaram a olhar para nós com ar de superioridade.
Distraí-me por uns instantes e quando despertei do transe era novamente a minha vez de cantar:
- “She says we’ve got to hold on
To what we got
It doesn’t make a difference if we make it or not
We’ve got each other, and thats a lot for love”
No momento em que a Mercedes se deveria juntar a nós li nos lábios dele:
- We’ll give it a shot!

Voltar ao Topo Ir em baixo
marianaclarinete
McKinley High
McKinley High
marianaclarinete

Feminino Mensagens : 56
Data de inscrição : 06/08/2010
Idade : 24
Localização : Lisboa

Gleeks area
Personagem: Sue Sylvester xP
Cover:
Team: PUCK :'D

Mama Who Bore Me - GleeFanfic by Ritita Browneyes (Cap5 - Damn, I hate Memories!) New Empty
MensagemAssunto: Re: Mama Who Bore Me - GleeFanfic by Ritita Browneyes (Cap5 - Damn, I hate Memories!) New   Mama Who Bore Me - GleeFanfic by Ritita Browneyes (Cap5 - Damn, I hate Memories!) New EmptySab Ago 21, 2010 4:32 pm

Não achei que fosse muita palha, tá bem fixe :')
Uau, a Rita gosta do Jesse?? :'O
x'D
Continua a escrever, tá mesmo fixe :')
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ritita Browneyes
loser!
loser!
Ritita Browneyes

Feminino Mensagens : 328
Data de inscrição : 21/07/2010
Idade : 24
Localização : Lisboa

Gleeks area
Personagem: Santana
Cover: The boy is mine
Team: Puck (para ela) Jesse (para miim!)

Mama Who Bore Me - GleeFanfic by Ritita Browneyes (Cap5 - Damn, I hate Memories!) New Empty
MensagemAssunto: Re: Mama Who Bore Me - GleeFanfic by Ritita Browneyes (Cap5 - Damn, I hate Memories!) New   Mama Who Bore Me - GleeFanfic by Ritita Browneyes (Cap5 - Damn, I hate Memories!) New EmptySab Ago 21, 2010 5:28 pm

Claro, não fosse ela inspirda em mim... né? :s Bem excepto que ela sabe cantar e eu tenho voz de cana rachada (xD) mas vamos fazer de conta...

obrigada pelo comentário, querida Smile
Voltar ao Topo Ir em baixo
bábs
GLEEK
GLEEK
bábs

Feminino Mensagens : 2594
Data de inscrição : 17/07/2010
Idade : 27
Localização : almada

Gleeks area
Personagem: Mike's Abs
Cover: Bad Romance
Team: Mikara \m/

Mama Who Bore Me - GleeFanfic by Ritita Browneyes (Cap5 - Damn, I hate Memories!) New Empty
MensagemAssunto: Re: Mama Who Bore Me - GleeFanfic by Ritita Browneyes (Cap5 - Damn, I hate Memories!) New   Mama Who Bore Me - GleeFanfic by Ritita Browneyes (Cap5 - Damn, I hate Memories!) New EmptyDom Ago 22, 2010 11:28 am

wow, tá tão fixe xD já para não falar que a música a acompanhar é linda. bon jovi ftw <3
é assim, coitada da rita, a tentar ajudar e ainda leva por cima xD puck, quinn & jesse, esses três não crescem? -.- omg. alguém tem de lhes explicar, que já não tem 16 anos, certo rita? xD é assim rachel&quinn <333333 e pronto é isso xD fico á espera do próximo *
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ritita Browneyes
loser!
loser!
Ritita Browneyes

Feminino Mensagens : 328
Data de inscrição : 21/07/2010
Idade : 24
Localização : Lisboa

Gleeks area
Personagem: Santana
Cover: The boy is mine
Team: Puck (para ela) Jesse (para miim!)

Mama Who Bore Me - GleeFanfic by Ritita Browneyes (Cap5 - Damn, I hate Memories!) New Empty
MensagemAssunto: Re: Mama Who Bore Me - GleeFanfic by Ritita Browneyes (Cap5 - Damn, I hate Memories!) New   Mama Who Bore Me - GleeFanfic by Ritita Browneyes (Cap5 - Damn, I hate Memories!) New EmptyDom Ago 22, 2010 9:29 pm

Ainda bém que gostaste Babs:) e alguém vais explicar... já estou empenhada em escrever o novo cap Smile
Voltar ao Topo Ir em baixo
bábs
GLEEK
GLEEK
bábs

Feminino Mensagens : 2594
Data de inscrição : 17/07/2010
Idade : 27
Localização : almada

Gleeks area
Personagem: Mike's Abs
Cover: Bad Romance
Team: Mikara \m/

Mama Who Bore Me - GleeFanfic by Ritita Browneyes (Cap5 - Damn, I hate Memories!) New Empty
MensagemAssunto: Re: Mama Who Bore Me - GleeFanfic by Ritita Browneyes (Cap5 - Damn, I hate Memories!) New   Mama Who Bore Me - GleeFanfic by Ritita Browneyes (Cap5 - Damn, I hate Memories!) New EmptyDom Ago 22, 2010 11:45 pm

Ritita Browneyes escreveu:
Ainda bém que gostaste Babs:) e alguém vais explicar... já estou empenhada em escrever o novo cap :)
então continua com esse empenhamento, quero ler mais (A)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Rute**
McKinley High
McKinley High
Rute**

Feminino Mensagens : 70
Data de inscrição : 22/07/2010
Idade : 24

Gleeks area
Personagem: Rachel
Cover: Don't Stop Beliving
Team: Rachel

Mama Who Bore Me - GleeFanfic by Ritita Browneyes (Cap5 - Damn, I hate Memories!) New Empty
MensagemAssunto: Re: Mama Who Bore Me - GleeFanfic by Ritita Browneyes (Cap5 - Damn, I hate Memories!) New   Mama Who Bore Me - GleeFanfic by Ritita Browneyes (Cap5 - Damn, I hate Memories!) New EmptySeg Ago 30, 2010 7:04 pm

está muito fixe Rita! Smile
tens de continuar Razz
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ritita Browneyes
loser!
loser!
Ritita Browneyes

Feminino Mensagens : 328
Data de inscrição : 21/07/2010
Idade : 24
Localização : Lisboa

Gleeks area
Personagem: Santana
Cover: The boy is mine
Team: Puck (para ela) Jesse (para miim!)

Mama Who Bore Me - GleeFanfic by Ritita Browneyes (Cap5 - Damn, I hate Memories!) New Empty
MensagemAssunto: Re: Mama Who Bore Me - GleeFanfic by Ritita Browneyes (Cap5 - Damn, I hate Memories!) New   Mama Who Bore Me - GleeFanfic by Ritita Browneyes (Cap5 - Damn, I hate Memories!) New EmptyTer Ago 31, 2010 8:21 pm

Muito obrigada pelos comentários, queridas Wink
____________

Capítulo 3 - True Friends of a Star

Jesse St. James

Ela ficou meio atrapalhada durante um pouco mas recompôs-se a tempo de começar a cantar o refrão. A rapariga ao lado dela, a Mercedes ou Toyota ou lá o que seja, nem sequer se deu conta do que se tinha passado e a Rachel piscou-lhe o olhos, fazendo com que o que acontecera parecesse puramente premeditado, para que ela cantasse o verso sozinha.
Sentei-me ao canto, sabendo que ia ser uma longa noite a ouvir os alunos a cantar um a um, ou talvez em grupo.
Os primeiros alunos a cantar foram duas raparigas de Mckingly High que cantaram a “Complicated” da Avril Lavigne. Não sei se era da música mas pareceu-me muito com uma actuação de karaoke. Pelo que me pareceu, não havia ninguém de Carmel High. Como é que eu sabia disso? Os alunos de Carmel High estavam agora em constante luta contra os de McKingly. E visto que o director do campo era o Will, raramente havia um aluno que se aproximasse sequer do campo.
“Então porque me ofereci eu para dar aulas aqui?”vocês perguntam…
Bem, fi-lo porque sabia que eventualmente a Rachel acabaria por passar por aqui. E, bem, diga-se que apesar de todo o meu sucesso tive curiosidade em saber como ela estava. Isso e porque os adolescentes levam este tipo de coisa demasiado a peito. O “Show Coir” podia parecer toda a sua vida mas apenas 90% deles não iam chegar a lado nenhum. 70% porque não tinham talento suficiente e os outros 20% porque não tiveram oportunidades. Daqui a uns anos, quando não fossem adolescentes guiados pelas hormonas - e quem era eu para falar? - iam-se apercebendo de que aquilo eram apenas tolices e que não valia a pena prejudicarem-se a este ponto. Afinal de contas, o “Glee Club Summer Camp” era uma maneira de prepará-los para o mundo do espectáculo. E os professores eram excelentes, claro.
Depois das duas raparigas seguiram-se outras duas dos Aural Intensity, que cantaram a “Can’t be Tamed”, da Miley Cyrus. Estas duas raparigas em especial estavam na minha turma e da Rachel. Não estava nada mal. Tinham boas vozes mas iam precisar de trabalhar muito para deixarem de parecer duas bonecas de porcelana em cima do palco. Acreditem que esse género não vai nada com a música.
Demorou um bom bocado até os rapazes começarem a ter coragem para subir ao palco. No que toca a estas coisas, os rapazes acabam por se deixar ficar para ligeiramente para trás. O primeiro foi um moreno de Mckingly High que subiu ao palco para cantar a “It’s only love” com uma rapariga cuja voz me fazia lembrar constantemente da amiga da Rachel, a tal com o nome de uma marca de automóveis. Muito sinceramente, agradou-me. As vozes estavam completamente afinados. Quase. E a rapariga não era como se costuma ver: as loiras bonitinhas que parecem barbies dançarinas. Essas já enjoam.
Nessa noite actuaram cerca de 50 alunos. Em grupos de 2, 3 e 4, num total de 17 actuações, ou seja, quase duas horas…
No final, o Will veio ter comigo e com a banda e pediu se poderíamos cantar o nosso novo single, chamado “Love me or Kill me”. E não, na altura em que a escrevemos não tinha nada a ver com Rachel Berry. Acedemos e dirigimo-nos ao palco. Enquanto os primeiros acordes da guitarra eléctrica começavam a soar perscrutei o meu público: cerca de 150 alunos e para aí uns 10 professores. Na mesma mesa que a Rachel estavam sentados o Finn, a Quinn e o noivo dela, o Kurt, a Mercedes - ouvi o Will chamá-la -, o Will e uma mulher baixa e ruiva de olhos esbugalhados que nunca tinha visto mais gorda. Numa mesa no canto da sala estava a morena irritante da minha turma, a Rita, que me olhava… bem, como se me quisesse saltar para cima…
Comecei a cantar e pouco depois desviei o olhar para a Rachel e os outros professores.

Rachel Berry
Não posso mentir. A música era sombria mas fantástica. Quando chegou o segundo refrão chegou apanhei a Mercedes a cantar, quase que hipnotizada pela força da música.
Revirei os olhos e quando olhei à minha volta reparei que todos os alunos (especialmente as raparigas) pareciam adorar a música e iam cantando. E fiquei seriamente chateada comigo mesma quando dei por mim a cantar o último refrão.
- “ When the sun fades away
And I’m bleeding to death
When your hope fly’s
High away from you.
Will you Love me…
… or Kill me

When the bells ring
On the churche’s tower,
Up above our heads.
Will you be marrying…
… or Burrying me”
Quando olhei para o lado o Finn olhava para mim, perplexo. A Quinn deu conta disso e olhou para ele com ar reprovador.
- O que é que foi? - Defendeu-me. - Até parece que tu e o Puck não estavam também a dar ao pézinho! Eu bem que vi! - O meu noivo calou-se e limitou-se a aplaudir com um sorriso meio azedo.
***
Despedimo-nos dos alunos e fomo-nos deitar. Na sala de convívio dos professores encontrámos uma data de gente que já não víamos havia anos.
- Meu deus! Artie! Tina! Que saudades! - Lancei-me na direcção deles e dei-lhes um enorme abraço. À Porta, a Santana, a Quinn e a Britanny abraçavam-se e a Quinn chorava.
- Oh! Meninas, que saudades! Como correu a Tour pela Europa? - Ups. Acho que me esqueci de mencionar que a Santana e a Britanny eram as bailarinas mais recentemente contratadas pela Jennifer Lopez!
O Puck e o meu Finnie cumprimentavam o Mike e o Sam, E a Mercedes e o Kurt esperavam que eu largasse a Tina e o Artie para os poderem cumprimentar. Eu nunca fora especialmente amiga da Santana e da Britanny, não desgostava delas mas também não morria de amores, não é? Mas mesmo assim cumprimentei-as - e quem iria imaginar que sentia saudades dos comentários irónicos da Santana e das “inteligências” da Britt? Cumprimentei os jogadores de futebol - que jogavam agora no equivalente de Ohio dos New York Yankees - e só depois reparei que o Jesse e seu grupinho cumprimentavam alguém entusiasticamente. Quando alguns se afastavam o suficiente para eu poder ver quem era a minha mãe e a Beth olhavam para mim, uma delas pasmada, e a outra enternecida.
A pequenina veio a correr ter comigo, toda contente, a perguntar-me se eu era a Rachel Berry, se era eu que tinha o papel de Wendla no Spring Awakening. Respondi afirmativamente e ela expressou um sorriso que me fez automaticamente lembrar da mãe. Assim que me lembrei da Quinn procurei-a, tentando ver se já se teria apercebido de que estava na mesma sala que a filha. Ela continuava entretida a falar com as duas BFF’s, descontraída e muito entusiasmada.
- Eu sei todas as tuas falas no musical! És fantástica! Tens uma voz fantástica. A minha mãe falou-me muito de ti. Ela contou-me e ela era a tua mãe biológica, mas que não era mãe do coração, como é minha. - A rapariga de nove anos estava tão entusiasmada que nem sequer fui capaz de a impedir de continuar. - A tua voz é parecida à da minha mãe mas eu acho que é melhor. - Ela fez um sorriso maroto e sussurrou-me. - Mas não lhe digas que se não ela pode ficar triste… - Ela era uma mistura perfeita dos pais. 50% Quinn e outros 50 do Puck. - A minha mãe diz que a minha voz é doce como a da minha mãe biológica, mas que sou atrevida como o meu pai biológico. Bem, nós somos mais ou menos irmãs, achas que podíamos ser amigas? - Era sem dúvida tagarela como o pai.
- Claro que sim, minha querida, achas que podemos falar amanhã ao almoço?
- Sim, obrigada! - Disse com um sorriso tão doce como o mel.
Apressei-me a contar ao Finn e com a sua ajuda tirámos o Puck e a Quinn daquela sala o mais depressa possível. Quando chegámos ao corredor a expressão deles era simplesmente “WTF?”
Respirei fundo para ganhar coragem enquanto eles me olhavam confusos.
- A Beth está cá. - Esperei que ficassem chocados ou que a Quinn começasse a chorar mas não esperava que olhassem um para o outro e acenassem com a cabeça. Esperava tudo menos isso! - Então não dizem nada?
- O Will avisou-nos que ela ia estar cá. - Explicou a Quinn.
- E vocês não disseram nada?
- Bem, não queríamos levantar confusões. - Foi a vez do Puck de falar. - A Shelby ligou-nos há uns meses porque ela queria conhecer-nos, e quando o Mr. Shue nos ligou a perguntar se queríamos ajudar com as aulas por aqui e nos explicou que ela ia estar cá nós pensámos que fosse uma boa ideia.
- A miúda tem nove anos! Não acham que é demasiado para ela assimilar? Foi demasiado para a Rachel quando tinha 16! - Disse o Finn.
- Bem, - ouvi a voz da Shelby vinda de trás de nós - em nossa defesa, a Beth é tão madura como a Rachel quando tinha 16. Ela está a lidar com esta confusão muito melhor. - Sorriu.
- Podemos falar com ela? - Perguntou a Quinn com uma voz insegura. - A Beth?
- Claro! - Ela virou-se para a porta e chamou-a. - Moranguinho, estes são a Quinn e o Noah. - A rapariga loura com uma T-shirt com uma estrela dourada chegou-se ao pé deles e cumprimentou-os. - Eles são os teus pais biológicos.
A menina sorriu e virou-se de novo para a Shleby.
- E achas que eu não reparei, mãe? - Disse pondo-se lado a lado com a Quinn. - Ela é quase tão bonita como eu! - Pregámos uma enorme gargalhada, enquanto a rapariga olhava para o Noah. - E tenho os olhos dele! Reparei nisso assim que entraram pela porta! - A Quinnie então ria-se a bandeiras despregadas.

Quinn Fabray

Já todos estavam a dormir excepto eu e o Puck, a Shelby e a Beth.
- Então e vocês alguma vez se arrependeram? - Sabia que se referia a tê-la deixado com a Shelby.
- Às vezes. - Respondeu o Puck. - Mas agora que vemos como te estás a sair tão bem acho que fizemos a melhor escolha. - Ela sorriu e abraçou-nos aos 3, a mim, ao Noah e à mãe.
- Eu gostava muito de vos ouvir a cantar… a minha mãe disse-me que vocês eram muito bons. - Disse com um enorme sorriso.
- Beth, eles estão provavelmente cansados e amanhã temos todos de nos levantar cedo. - Avisou a Shelby.
- Por acaso, - comecei - e nós não queremos quebrar as suas regras mas, acha que pode esperar um pouquinho por ela? Nós queríamos levá-la a um passeio, e até podíamos ir buscar a guitarra do Noah e cantar. - “E ter a certeza de que ela não ficara resentida de não termos ficado com ela”, acrescentei mentalmente. - Eu prometo que ela está no quarto às 10.
- Claro que podem. Mas primeiro vai buscar o teu casaco, querida. Está um vento fresco lá fora.
***
Já passeávamos há uns 5 minutos - eu levava a guitarra do Puck e a Beth ia às suas costas. Por segundos deixei a minha mente vaguear se seria assim todos os dias se tivéssemos ficado com ela. Mas rapidamente afastei esse pensamento da minha cabeça. Se ela tivesse sido criada por nós poderia não se sair tão bem. Nós não tirámos sido suficiente maduros na altura em que ela precisava de uma mão firme.
Então ganhei coragem para quebrar o silêncio.
- Queríamos que soubesses que assim que te vimos te amámos muito. E não quero que penses que te demos para adopção porque não te amávamos.
- Eu sei - disse com um sorriso. - Vocês queriam que eu tivesse uma mãe que tivesse idade suficiente para me criar. E eu não me importo. Amo muito a minha mãe do coração. - As lágrimas quase vertiam pelas minhas bochechas. Pisquei os olhos para que não deixassem os meus olhos. - Mas não quero simplesmente ignorar-vos.
-- E se fizermos assim? - Disse o Puck enquanto a tirava de cima dos ombros e a sentava num banco de jardim. - Nós somos os teus “tios fixes”. Os que te levam ao starbucks todos os dias sem que a tua mãe aprove, os que te levam às compras e te ensinam a pôr maquilhagem… - quando ela olhou um pouco surpresa para ele ele sentou-se ao lado dela. - O quê? Eu tenho jeito para isso! - Ela soltou uma risadinha e fez me sinal para me sentar do outro lado do banco.
- E ensinas-me a dar um mortal? - Perguntou. - Eu gostava muito de entrar para as cheerios quando for mais velha, e a minha mãe disse que eras óptima! A capitã!
- Claro que sim! - Respondi-lhe. - E depois vamos comprar baton vermelho e testar aqui as habilidades do Noah. - Ela soltou uma gargalhada leve e virou-se para ele. - Emprestas-me a tua guitarra?
- Nem precisas de pedir! - Passei-lhe a guitarra.
Ela começou a tocar com uma facilidade estupenda. Tinha os dedinhos do pai. Mas a voz era 90% minha. Os outros dez admito que eram do Noah, mas a maioria era minha. Eu parecia uma mãe babada.



- “We sign our cards and letters BFF
You've got a million ways to make me laugh
You're lookin' out for me; you've got my back
It's so good to have you around

You know the secrets I could never tell
And when I'm quiet you break through my shell
Don't feel the need to do a rebel yell
Cause you keep my feet on the ground”

Ela olhou-me com aqueles olhos brilhantes e piscou um deles. De seguida virou-se para o Noah e ele sorriu-lhe enternecido.

- “You're a true friend
You're here till the end
You pull me aside
When something ain't right
Talk with me now and into the night
'Til it's alright again
You're a true friend”

Eu nunca gostei realmente da Hannah Montana mas então agora nunca diria sequer que a voz dela era boa. Porque a da Beth era muito melhor.

- “You don't get angry when I change the plans
Somehow you're never out of second chances
Won't say "I told you" when I'm wrong again
I'm so lucky that I've found

A true friend
You're here till the end
You pull me aside
When something ain't right
Talk with me now and into the night
'Til it's alright again

True friends will go to the ends of the earth
Till they find the thing you need
Friends hang on through the ups and the downs
Cause they've got someone to believe in

A true friend
You're here till the end
You pull me aside
When something ain't right
Talk with me now and into the night
No need to pretend
You're a true friend
You're here till the end
Pull me aside
When something ain't right
Talk with me now and into the night
'Til it's alright again
You're a true friend”

Quando ela acabou de tocar eu e o Noah começamos a aplaudir e ela fez uma pequena vénia com a cabeça.
- Agora é a vossa vez! - Passou a guitarra ao Noah e olhámo-nos. Sabíamos a música perfeita. Ele começou a tocar e eu a cantar.


Spoiler:
 

-“Tell me if you got a problem
Tell me if it turns your way
Tell me if there's something bothering you
Tell me what should I say


You know I did most anything
You know I change the world
You know I'd do most anything
For my little girl

Tell me if you got a problem
Tell me now what is inside
Show me if your broke heart straight
You know you never need to hide


You know I did most anything
You know I paint the sky
You know I'd do most anything
You're my guardian light


You're my star, shining on me now
Love grow us appart
I need for you
You are my shining star
My star
Love grow us appart
For me - For you
You are my shining star


Once upon a time a memory
Once upon a time a girl
Once upon a time a perfect life
Once upon a perfect world

You know I did most anything
You're my guardian light
You know I'd do most everything
To keep you in my life


You're my star, shining on me now
Love grow us appart
For me - For you
You are my shining star
My star
Love grow us appart
For me - For you
You are my shining star


Just a memory
Every dream you see you and me
If I wish upon the stars
Well I hope thats where you are


When heaven turns you know you'll shine
You're in my heart for all time
When heaven turns you know you'll shine
In worlds of heart


Cause yeah you are my star
Shining on me now
Love grow us appart
For me for you
You are my shining star
My star
Love grow us appart
For me for you
You are my shining star
Shining on me now
Love grow us appart
For me for you
You are my shining star
My star
Love grow us appart
For me for you
You are my shining star”


________________

Sabem aqueles capítulos que se escrevem sozinhos? A primeira metade deste não foi desse tipo, e foi por isso que demorei tanto tempo. Sorry...

Espero que gostem, eu gosto pelo menos da 2ª metade, não é do pior que ja escrevi (I hope).
Voltar ao Topo Ir em baixo
Conteúdo patrocinado




Mama Who Bore Me - GleeFanfic by Ritita Browneyes (Cap5 - Damn, I hate Memories!) New Empty
MensagemAssunto: Re: Mama Who Bore Me - GleeFanfic by Ritita Browneyes (Cap5 - Damn, I hate Memories!) New   Mama Who Bore Me - GleeFanfic by Ritita Browneyes (Cap5 - Damn, I hate Memories!) New Empty

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Mama Who Bore Me - GleeFanfic by Ritita Browneyes (Cap5 - Damn, I hate Memories!) New
Voltar ao Topo 
Página 1 de 2Ir à página : 1, 2  Seguinte

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
GLEE PORTUGAL || fórum :: Fanzone :: FanFics-
Ir para: